ASSOCIATIVISMO Conceitos e Realidades…

0
338

Crescer é uma necessidade do próprio mercado mas, não existe mais momento ou espaço para os Pensadores ou dos Catedráticos do Achismo, faz-se necessário AGIR. Notamos que a cada dia que se passa há grandes oscilações e modificações no Mercado Varejista. Competitividade torna-se a grande sombra para muitas empresas, que ainda acreditam em seu Poder Individual de Sobrevivência. As Pequenas Empresas têm dificuldades de competir com as grandes, quer pela Fragilidade da suas próprias estruturas ou, quer pela Falta de Escala em suas negociações. São relevantes as Desigualdades no Mercado. Estamos assistindo empresas maiores absorvendo menores, justamente na busca de Maior Eficiência na Operação e, Sedimentação na sua posição no mercado. Vários seriam os exemplos.

O Associativismo Empresarial propicia aos Pequenos Empresários a Saída neste mundo de grandes turbulências, através de negócios entre Redes Independentes e, Empresas voltadas para um Novo Perfil por exigências do mercado, buscando Parcerias por Alianças Estratégicas.

Por que Associativismo ?

Porque oferece suporte a Projeto empreendedor pelo desejo coletivo de Mudanças de Paradigmas; Porque desenvolve a Integração entre Grupo de Pessoas, com Objetivos Comuns, resultando em Sinergia; Porque deu certo no Primeiro Mundo e, estamos convencidos ser este o Caminho para o Sucesso Empresarial; Por ser uma Forma Estratégica, Democrática e Inovadora para Negócios; Por ser Forma Eficiente e Eficaz para Conquista de Resultados Operacionais através de Parcerias com Fornecedores; Por poder ser um Provedor de Soluções !…

Faz-se necessário o Desenvolvimento de uma Cultura de Conscientização e de Comprometimento para o Espírito Associativo. Competição de Mercado nem sempre casa bem com empresas tradicionalmente familiares, sabemos disso e, por isso, é necessário um Choque de Profissionalismo, de Gestão e de Marketing, não só para sobreviver no Mundo Globalizado, mas também para Aumentar a Rentabilidade do Negócio e, Garantir o interesse e o retorno comercial dos Parceiros. No entanto a verdadeira Essência do Associativismo transcende os aspectos Comerciais, na medida em que as empresas estejam conscientes das suas Realidades presentes e, busquem ser mais Competitivas. A contingência não se restringe apenas a Preço, ela se amplia para a Necessidade de Informação, de Controles, de Tecnologia, da Profissionalização da Operação, do Suporte Financeiro, da Qualificação Profissional de seus Times e, de muitas outras Prioridades. O Conceito é de Ganhar Força, Obter Competitividade e, Garantir a Sobrevivência.

A busca obstinada pela Fidelização de Clientes terá como Diferenciais Verdadeiros – a Profissionalização da Operação, a Qualidade de Atendimento e, a abrangência de Prestação de Serviços. O Atendimento passa por tanto, em nossa sensibilidade, a ser o principal Desafio no mundo atual, requerendo por parte das empresas uma agilidade até então pouco observada e implementada no meio empresarial. Só sobreviverá quem utilizar a Tecnologia da Informação com rapidez em seus negócios. Varejistas e Fornecedores, se desejam ao menos manter seus posicionamentos no mercado lhes está condicionado pela Competitividade, Sacrifício de Margem. A busca da necessária Rentabilidade e, podemos afirmar-lhes(o acumulado do nosso Aprendizado Profissional assim nos permite), que ninguém faz Mágicas e, só existem poucas alternativas para Gestão dos Negócios: Escala Comercial, Planejamento Operacional, Orientação Financeira/Tributária/Fiscal e, Racionalização de Perdas / Custos. Este conjunto de Reflexões, que formam um Processo, compatível com a Realidade das Empresas, obedecem a um lema maior, fundamental ao desenvolvimento e, que propõe que a Arte de Construir o Futuro depende da Capacidade de Aprender com o Presente mas, depende também da coragem de Romper Barreiras Culturais do Passado e, muito mais, do Filtro de Motivação com o qual se colocam as estacas do próprio Futuro…

Pensem em tudo isto e, sejam felizes no Futuro, estando certos e conscientes de que não importa o que é ensinado mas, vale o que é aprendido. Ser Sucesso não é nada difícil mas, a verdadeira competência está em manter-se Sucesso. Na Vida você faz Poeira ou Come Poeira – O Desafio não é o Abismo mas, a Construção da Ponte – Visão Estratégica não tem haver com decisões Futuras mas, com impactos futuros de decisões no Presente. 

Precisamos da Pessoa Certa, no Lugar Certo, fazendo a Coisa Certa mas, para conseguirmos isso, precisamos antes de mais nada Saber o que é Certo. Os Campeões / Vencedores analisados sempre com tanta excelência, possuem atributos que os diferenciam dos demais. Aliás quanto mais se analisam Pessoas ou Empresas triunfadoras, mais se conclui que este pequeno segmento de Sucessos não é apenas diferente da maioria mas, grande parte de suas Qualidades é realmente oposta a dos Perdedores: Crença, Energia, Paixão, Persistência, Estratégia, Competência e, principalmente, Amor e Respeito moldam os Verdadeiros Campeões…

Esperamos ter sido úteis, de alguma forma, compartilhando nosso Aprendizado Profissional acumulado(temos sido Bom Aluno, com Grandes Mestres…)

Boa Sorte !…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por Favor Digite Seu Comentário!
Por Favor, Digite Seu Nome Aqui